"­Desejo Saúde - Uma empresa do grupo Sare."

Acne pode se desenvolver tanto em adolescentes como adultos


\r\n Ela é uma doença, embora não pareça. A acne é classificada como o grau de inflamação, e pode ser não inflamatória ou inflamatória. Neste caso, chega a provocar lesões constituídas por pus, cicatrizes, febre e até perda de apetite e peso. Atenção aos que fazem uso da testosterona para ganhar massa muscular: segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a acne inflamatória classificada como grau V, de ação fulminante e abrupta, pode ser desencadeada pelo uso deste hormônio, com graves consequências para a pele.
\r\n
\r\n A acne é definida como conjunto de cravos, espinhas, cistos, caroços e cicatrizes. Aparece com maior frequência na adolescência, entre 14 e 17 anos, nas meninas, e 16 e 19, nos meninos. Mas pessoas na idade adulta, até os 35 anos, também podem desenvolver a acne e, inclusive, grávidas, principalmente no primeiro trimestre da gestação, devido aos elevados níveis de progesterona.
\r\n
\r\n A glândula sebácea, que produz a oleosidade da pele, é a maior responsável pelo aparecimento da acne. Inibida e pequena na infância, é na puberdade que esta glândula produz sebo, e a acne aparece nesta etapa como resultado do início da produção de hormônios femininos (estrógenos) e masculinos (andrógenos). Rosto, peito e costas são as regiões do corpo onde o número de glândulas sebáceas é maior, portanto, maior também a probabilidade de apresentarem acne. Fatores hereditários influem, e muito, no aparecimento da acne.
\r\n
\r\n A maioria dos casos regride de forma espontânea, mas o recomendado é tratá-la, não importa a idade da pessoa. Nada de espremer ou cutucar espinhas e cravos. Muito menos usar produtos caseiros ou fórmulas milagrosas. Segundo o grau e a intensidade da acne, o tratamento precisa incluir, além de pomadas, sabonetes a base de enxofre e ácido salicílico, loções e cremes, medicamentos de uso oral, incluindo-se antibióticos tópicos, se necessário. Gestantes devem tomar cuidado em dobro, pois não podem utilizar qualquer medicamento ou fórmula.
\r\n
\r\n Manter a pele bem higienizada, com produtos suaves que não provoquem o seu ressecamento, e usar filtros solares e maquiagem que não contribuam para a formação de cravos, são boas medidas para começar a combater a acne.
\r\n  
\r\n Limpeza de pele, esfoliação com ácido salicílico ou retinoico, crioterapia com uso de nitrogênio líquido e gás carbônico, ou fototerapia, são outras opções modernas de tratamento. Caberá ao dermatologista fazer a avaliação e indicação do tratamento adequado.
\r\n    
\r\n Por: AgComunicado
\r\n       

\r\n